Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

Free School 10 - o nada

Eu sempre fui grande defensora do direito de não se fazer nada na escola. Espalho aos quatro ventos como acho importante que as crianças tenham tempo e espaço de respirar, de olhar pela janela, de ficar à toa.

Fiquei muito surpresa, então, quando saí da Free School na primeira visita com um incômodo que não sabia bem explicar, mas que tinha a ver com um suposto limite, que eu achava que deveria ter visto, entre a liberdade e o desleixo, o descaso.

Na sexta à tarde, o clima na escola era de... nada. Umas crianças sentadas/deitadas no sofá; alguns tinham ido para um parque perto, deixando o espaço mais vazio que de costume. Outros "meio" desenhando, meio só ali, olhando. Nem tinha muita conversa na hora. Não vi os professores, e não senti ninguém engajado, interessado. E foi isso que me incomodou.

Eles não deveriam estar matando a curiosidade inata de cada criança? Não deveriam estar concentrados em alguma coisa (um jogo, um videogame, qualquer coisa)? Logo deu a hora da limpe…