segunda-feira, 13 de setembro de 2010

costume


tem muitas coisas que a gente acostuma e não devia, como dizia marina colasanti num texto que encapava um caderno meu. a gente acostuma com coisas desconfortáveis até elas pararem de incomodar; acostuma a fazer tudo do mesmo jeito porque é mais fácil e mais prático. e é sempre bom tentar desacostumar desses costumes que vão deixando a gente meio dormente, adormecido.

mas tem umas coisas que a gente acostuma que eu acho que não deve desacostumar, não; como um sorriso grande quando eu chego em casa, ver filme abraçado no sofá, passar o dia juntos resolvendo coisas ou fazendo nada, carinho e cafuné antes de dormir, o colo que é meu lugar exato, as risadas e brincadeiras, testar novos caminhos juntos, fazer planos...

eu só não acostumo mesmo é com a saudade.

Um comentário:

Lulu disse...

Calma, garota! O oxi-oxi tá chegando já! =)