terça-feira, 30 de novembro de 2010

pausas

"a vida necessita de pausas", já dizia o poeta. por isso foi que passamos uns rápidos dias em joão pessoa, uma terra boa que só ela. canga na areia, sol, barulho do mar. juro que nem consegui ouvir música hoje, acho que de saudade mesmo do vai-vém das ondas. mergulhos, maré boa, pensamentos soltos, leveza. a vida na praia tem mesmo outro ritmo. conta também a des-preocupação das férias. sabe quando tem gente que diz que não consegue tirar férias? pois é, sou eu não. eu tiro férias muito, muito bem. deixei o relógio de lado (tirando o dia que acordamos pra ver o sol nascer), e vi o que ia dar.

e o que deu foram praias lindas, pessoas simpáticas, encontros bons pela coincidência, passeios gostosos, muito banho de mar, sol, belezas, carona prum poeta repentista (que no final disse pra mim "se essa aí fosse poeta me batia todo dia!" arre!), comidas, comidas e comidas, pôr do sol com bolero no sax, risadas, hino da paraíba no violino, belezas, conversas, aconchego, vento do mar à noite, barquinhos, descanso, paz, belezas, praia...

já posso voltar pra lá agora?


sol nascendo na praia de cabo branco - 4h40 da manhã!

3 comentários:

Van disse...

ah o mar! renovando vidas desde que a vida é vida!
:D
sabia que ia ter coisa nova aqui por esses dias! :)

beijo

Carla Hirata disse...

Nossa... veio até um suspiro meio assim inesperado, sabe? acho que foi um pouquinho de lembranças que vêm com essas mesmas palavras todas...

Felipe disse...

Que coisa linda.

e voltar pra lá nao Pode nao.

só pode voltar se me levar contigo.
hehehe
mas só de ler esse post já me deu uma paz!

to precisando de um marzao bonito desse pra navegar sobre mim....

ó se tô!

quero sol, quero mar, quero comida, quero sossego.

quero férias!