sábado, 13 de junho de 2015

pensando alto

era com carla bruni que eles dormiam depois do almoço. todo dia, todo dia a carla bruni, o mesmo cd, as mesmas músicas. as mesmas doze crianças nos seus colchonetes, rendidas ao sono - algumas depois de uma luta, outras já felizes na entrega.

as mesmas músicas, e nós três professoras ali do lado. indo e voltando do almoço, arrumando o caos da sala depois de uma manhã ocupada. preenchendo os relatórios do dia, "o fulano comeu arroz e feijão hoje?". enchendo bacias de água pra brincadeira da tarde, porque tá muito quente hoje, acho que eles vão gostar de brincar com água, né? respondendo emails dos pais, das reuniões, lembrando da roupa de uma que sujou de tinta e está em algum canto da sala agora, tem que colocar na mochila. cortando frutas, pensando se a fiona, nossa linda peixinha, comeu muito hoje, lembrando de algum impasse do parquinho e se ajudamos a resolver de um jeito legal.

a carla bruni, insistente, até a hora de abrir a cortina e ir acordando os sonolentos. tentamos outras músicas, música nenhuma, mas eram essas músicas que eles tinham se acostumado. e acho que a gente também.

escuto agora o mesmo cd e penso que esses doze meninos e meninas já estão por aí lendo e escrevendo suas palavras, aprendendo mais e mais do mundo, e como eu aprendi também nesses anos todos que já se passaram. por alguns momentos a música me embala e volto praquela sala, pros colchonetes espalhados com suas cobertas, pro cheiro de escola e massinha e tinta e tudo mais que vem junto. e dá saudade, e alegria. e mais saudade.

Nenhum comentário: