quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Realidade

Hoje a redoma que cercava Ithaca se quebrou, e a tal da crise financeira mundial atingiu em cheio nossas "10 milhas quadradas cercadas por realidade".

Quatro professores foram demitidos da escola entre ontem e hoje, e ninguém sabe ao certo se eles foram os últimos...

Eu fiquei de fora da leva, ainda bem, e pelo que tudo indica estou segura. Mas minha segurança foi arcada pelo desemprego de quatro ótimos profissionais, que traziam muitas contribuições. Meu emprego existe, hoje, porque quatro pessoas ouviram o temido "adios, amigo!", a uma semana do Natal, contando com férias pagas, compras, viagens e todos os outros planos que chegam com o fim do ano.

É uma situação ruim; a tensão é palpável, os olhares são preocupados e tristes. Não entender como foi feita a escolha no que parece uma roleta russa de emprego; saber que qualquer um pode ser o próximo; ter certeza de que essa crise pode piorar; lidar com a sensação, quase instintiva, de saber que se o seu tá salvo é porque o do outro não tá.

Um dos professores que foi demitido trabalhava comigo, na minha sala. O Owen, que é super apegado a ele, passou o dia inteiro perguntando "Where's Matt?" Como você explica pro Owen, no alto dos seus 20 meses, que a economia falhou, e a falsa bolha de euforia que cobria o mundo inteiro explodiu na cara do professor preferido dele?

Pois é. Não se explica.

2 comentários:

Luisa disse...

É... a coisa tá bem feia no mundo... tem gente sobrando e dinheiro de menos... aqui o trem tá complicado também. Mas os argentinos já tao acostumados a viver com pouco dinheiro (sabe-se lá como)... ou eles fazem alguma maracutaia pra ganhar mais. porque o salário aqui é vergonhoso!!!

Felipe Rabello disse...

é... a coisa tá feia!

por aqui o povo já tá sofrendo também!

como disse a luisa aí em cima, eu nem preciso explicar mais né!

mas minhas contas que me diga!

perdi meu quarto na pensao, nao consigo emprego decente, perdi meu coracao e a faculdade vai mal das pernas.

será que a crise me pegou de cheio?

é. dessa vez foi na mosca. aaaai.

mas aguenta firme! tome suas precaucoes. nao tá mole pra ninguém!

é triste perder amigos. mas pior é perder o seu emprego. como bem vc disse, eles salvaram o seu.

isso tá virando um deus-nos-acuda!

mas se eles quiserem, eu vou pra lá, cobro metade do salario do Matt ,ganho o Owen e ainda te faco companhia! deal?

beso!